Google+ Badge

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

VIVO NAS ESTRELAS COM BANDEIRA



O meu corpo
Pelo mundo vagueia
Igual à minha alma
Que vagueia lá no céu...

Ela por vezes
Até me abandona
E feito estrela
Brilha ao léu...

Já dizia Bandeira
Aquele Poeta – o Manuel –
Que vive nas estrelas
Porque é lá que brilha sua alma...

Eu me sinto fugir do corpo
Passear pelo universo
E como se fosse uma estrela
Fico no infinito brilhando...

Mário Feijó
24.02.10
Postar um comentário