Google+ Badge

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

UM AMOR SERENO

Eu já vivi muitos amores
Alguns não duraram mais que uma noite
Outros duraram anos e pareciam ser eternos
Mas nunca eu tive paz, segurança e confiança...

Alguns ainda vieram vestidos de paixão
Duraram algumas noites e não sobreviveram
À convivência do dia-a-dia acabaram
Com a mesma rapidez em que começaram...

Hoje acho que amadureci
Não vivo mais amor-paixão
Meu amor é lago sereno
E não é feito de promessas: é tácito!

Meu amor de hoje tem a tranquilidade
De uma brisa fresca
Que em tardes quentes pode virar tempestade
Mas é aquele que eu mereço e me dá momentos de paz...

Mário Feijó
30.11.09
Postar um comentário