Google+ Badge

terça-feira, 24 de novembro de 2009

AMOR QUE DESAPARECEU


Havia desejo no meu olhar
um desejo que tu não viste
porque não foste me encontrar
e eu te esperei, como quem espera uma vida inteira...

Agarrei-me na tua imagem
Deslizei por teu corpo etéreo
como se escorregasse
em dunas lá do nordeste...

Mas tu não vieste
e o que eu faço com o meu corpo
que esperava por ti, desde o dia em que te conheci?
O que faço com o meu sangue efervescente?
Não sei! Perdi os dias! Perdi as horas!

Vejo o tempo que passou
agora já não voltas mais
foste um sonho adolescente
oportunidade perdida
amor que não se realizou
ficou somente nos meus sonhos de menino
desapareceu feito fumaça no ar...

Mário Feijó
24.11.09
Postar um comentário