Google+ Badge

terça-feira, 17 de novembro de 2009

DESCULPE-ME...

Sei que ultrapassei
Todos os limites
Da dignidade e da razão
          E talvez não mereça o teu perdão...

Foi só por te querer
Que forcei demais
A tua vontade
          Sei que não mereço o teu perdão...

Eu extrapolei
Todos os teus limites
E não respeitei a tua dignidade
Eu por isto eu sei
          Que eu não mereço o teu perdão...
Mas prometo que
Eu te deixarei em paz
Mesmo que eu perca a minha
          Porque eu não mereço o teu perdão...

Mário Feijó
17.11.09
Postar um comentário