Google+ Badge

domingo, 7 de setembro de 2014

ELAS



ELAS

Sem horas
Oras rezam
Horas despem-se em poemas

Mário Feijó
07.09.14
Postar um comentário