Google+ Badge

domingo, 12 de janeiro de 2014

RECONSTRUÇÃO



RECONSTRUÇÃO

Um a um
Foram-se embora
Filhos e netos...

Foram-se
Feito pássaros emplumados
Que aprendem a voar
E depois abandonam o ninho...

É o ciclo natural da vida
Eu me reconstruo nas perdas
Meus alicerces são minhas dores
Meu reboco são lágrimas contidas...

Sou feliz tão somente
Quando vejo suas felicidades
Quando vejo que não precisam do meu carinho
Um dia descobrirão que o dinheiro não compra amor...

Mário Feijó
12.01.13
Postar um comentário