Google+ Badge

domingo, 5 de janeiro de 2014

NOS BRAÇOS DO SER AMADO



NOS BRAÇOS DO SER AMADO

O desejo é um pássaro
Que voa pelo jardim
E de repente encontra flores
E se encanta com sombras
E por ali pousa
E faz moradia

Então o desejo se multiplica
Espalhando suas sementes
Numa terra muito fértil
Que o faz brotar todos os dias

Desta forma o desejo se multiplica
E se espalha em rios límpidos
E se derrama até o mar
Onde encontra o amor

Algum tempo depois
O desejo multiplicado
Acaba por repousar
Nos braços do ser amado...

Mário Feijó
05.01.14
Postar um comentário