Google+ Badge

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

CEGO PELA PAIXÃO



CEGO PELA PAIXÃO

Não espere o vento
Fecunde as sementes
Refresque a terra
E te sopre ao ouvido
Palavras de amor

Seja vento
Em terra fértil
Seja luz
Rasgando a escuridão
Seja a poeira
Que entra nos olhos
E me cegue de paixão...

Mário Feijó
05.08.13
Postar um comentário