Google+ Badge

quarta-feira, 22 de maio de 2013

UM RAIO DE SOL









UM RAIO DE SOL

Por um fio
Um raio de sol
Uma brisa fresca
Um ínfimo tempo

Você entrou na minha vida
Como se fosse a luz do dia
E tudo o que estava escondido
De repente mostrou-se claro

Ainda é pouco
Não quero apenas te ver
Não me basta sentir tua gula
Eu quero que me ames

Do mesmo jeito que o mar
Se joga na praia sobre a areia
Eu sou teu chão, venha
Atire-se que eu te amparo...

Mário Feijó
22.05.13
Postar um comentário