Google+ Badge

sábado, 18 de maio de 2013

PRISIONEIROS DE SI MESMOS



PRISIONEIROS DE SI MESMOS

Algumas vezes
Somos prisioneiros do invisível
Mesmo estando livres
Continuamos atados
A preconceitos, a mãos do passado
A medos, ao comodismo
E prisioneiros nos deixamos levar
Por correntes que os olhos não veem...

Mário Feijó
18.05.13

Postar um comentário