Google+ Badge

sábado, 25 de maio de 2013

PARCERIA É A CHAVE DO AMOR






PARCERIA É A CHAVE DO AMOR

Algumas vezes nos falta um pouco mais de amor para que estejamos bem. Calor eu tenho do meu cobertor, no abraço de amigos ou daqueles que se deitam em minha cama.
Mas não basta o calor de um corpo para que nos sintamos amados. O que precisamos sempre é de uma parceria. É nisto que se resumem os relacionamentos (sejam eles casamentos formais ou informais), ou até mesmo numa parceria entre amigos. Sim! Parceria. E quando existe parceria a paixão, o amor, a amizade sobrevivem.  
Com parceria a gente brinca, diverte-se, conversa. Os relacionamentos precisam desta oxigenação. Sexo é muito bom, porém não temos fôlego para ficar o dia inteiro nos exercitando sexualmente.
Beijos, abraços, sorrisos e parceria alegram a vida, nos deixam fortes e otimistas e dá fôlego aos relacionamentos.
No entanto muita gente esquece disto e torna os casamentos em relações monótonas e competitivas de desatenção. Isto leva ao desamor e tudo perde a graça, inclusive o fato de fazer sexo que vai escasseando em quantidade e qualidade.
Quando uma cerveja com os amigos ou uma partida de futebol é mais importante... atenção! Há algo errado. Tudo tem sua hora e os relacionamentos são prioridades para quem ama, para quem é parceiro(a).
Eu penso que o parceiro(a) deve ser um cúmplice na vida e dividir os momentos juntos, desta forma o peso e a responsabilidade da relação e dos eventos diários fica menor, mais leve, mais fácil de ser suportado. Daí há mais sorrisos e menos brigas. Sofre-se menos e o estresse é menor.
O amor é um jogo que não dá para jogar sozinho. Ele sempre precisará do outro, do objeto de desejo ou de admiração. E se isto for feito numa parceria, onde os dois entendem as regras e as respeitam, tudo flui e a vitória é certa...

Mário Feijó
26.05.13
Postar um comentário