Google+ Badge

sexta-feira, 17 de maio de 2013

FERIDAS ABERTAS



FERIDAS ABERTAS

Seria tão bom se nossa alma
Parasse de sofrer no momento
Em que as feridas parassem de arder
E quando elas cicatrizassem
A alma serenasse mas assim não é
As dores da alma não cicatrizam
Basta o vento das lembranças
E as feridas voltam a sangrar...

Mário Feijó
17.05.13

Postar um comentário