Google+ Badge

sexta-feira, 22 de julho de 2011

NO MEU QUARTO





Num canto da sala
Num canto do quarto
No quarto do mundo
Num recanto, ouço um canto... 

Enquanto caio
Saio, levanto, ando
Sigo, vou embora
Sem fugir de ti, nem de mim... 

No quarto
Eu parto
Divido ao meio
E o que sobra? 

Sobra a minha vida
E com ela faço o que quero
Na sala, no quarto
Ou em qualquer lugar... 

Mário Feijó (23.07.11)
Postar um comentário