Google+ Badge

terça-feira, 12 de maio de 2015

DESCOBRINDO-SE

DESCOBRINDO-SE

Agora que você já aprendeu a me amar, não pense em me esquecer, não queira ir embora, nem tampouco sair da minha vida. Não pense em outras bocas, além da minha, não sinta desejos por outros corpos além do meu corpo.
E quando você estiver longe de mim lembre-se da felicidade que descobrimos e o quão íngreme é o caminho para chegar até ela.
Agora que você entrou na minha vida não fique distante, mesmo estando perto. Esteja perto, mesmo quando estiver longe.
Agora que você já descobriu que é fácil ser feliz seja egoísta: ame-se e me ame também. Todos os outros que dizem nos amar vão embora, menos quem se compromete com a felicidade.
Agora que você descobriu que os outros sempre te julgarão e dizer que estamos erramos, mesmo quando podemos estar certos. A maioria quer impor suas verdades. Descobrimos que somos donos de nossas vidas só quando envelhecemos. Algumas vezes é tarde demais. Então não tenha medo de amar. A felicidade assusta até a quem a vive e para os outros... Bem, vamos esquecer os outros um pouco...
Algumas vezes esquecemos que viemos nesta vida para aprender, para servir aos outros, aí nada aprendem, nem são felizes. Outros aprendem, mas se tornam prepotentes e esquecem de servir aos outros. Então não amam ninguém e tampouco conseguem ser felizes.
E há, ainda, os que só querem ser felizes. Aí tudo se torna efêmero e perdem tempo sendo infelizes...

Mário Feijó

12.05.15
Postar um comentário