Google+ Badge

sexta-feira, 29 de maio de 2015

ARCO-ÍRIS

ARCO-ÍRIS

Vestiu uma poesia listrada
E saiu por ai
Era em preto e branco
Amarelo e lilás
E ela sorria
Quando o vento passa
Levantando a saia
Fazendo carinho nos cabelos...

Estava tão feliz
Que logo descobriu a razão
Ela tinha chegado
Bem aonde nascia o arco-íris...

Mário Feijó

29.05.15
Postar um comentário