Google+ Badge

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

PARA VOCÊ PASSAR

PARA VOCÊ PASSAR

Agora meu coração é de pedra
Antes batia descompassado
Agora nem bate mais
É pedra pura, pedra barata
Daquelas que a gente
Encontra em qualquer estrada
Daquelas nas quais tropeçamos
Em qualquer esquina...
Não adianta burilar
Não adianta partir
Esta pedra não tem brilho
Se quiser pode nela descansar
Para isto ainda serve meu coração...
Nem as ondas do mar
Batendo todos os dias
São capazes de furar
Dissecado está meu coração
Não há segredos
Muitos amores por ele passaram
Nenhum ficou... Agora o desgraçado
Ficou empedrado, fechou-se,
Virou pedra de fogo
Daquelas que se parte
Para calçar estradas
Espicaçado está
Feito paralelepípedo
Para você passar...

Mário Feijó
21.09.12

Postar um comentário