Google+ Badge

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

O CAMINHANTE


O CAMINHANTE 

Há muitas sombras e pouca luz
Os caminhos parecem escuros
O caminhante pensa estar perdido 

Perdido está o vento
Soprando em todas as direções
Nem sabe por que sopra 

E as sombras escondem-se da luz
Elas não procuram caminhos
Ficam escondidas em qualquer lugar 

O caminhante desorientado
Tenta respirar fundo
Buscando cores para sua vida
Colocando vida em suas sombras
 

Ontem até a lua se escondia
Atrás de nuvens negras
Mas o caminhante não desanimou
Ele sabe que tudo tem uma razão
Que este tempo vai passar... 

Mário Feijó
03.09.12

 

 

 
Postar um comentário