Google+ Badge

terça-feira, 17 de novembro de 2015

INDO MAIS FUNDO

INDO MAIS FUNDO

Na segurança da corda
Que lança o balde
Para buscar a água
No fundo do poço

Confesso que me perdi
Já não sei se sou água
Se sou corda
Que dá segurança
Ao balde que se atira
Para buscar a água

Porque o poço certamente
É o amor que me toca
Que me envolve
E que eu gostaria
Que te envolvesse

No entanto o mais importante
É saciar a sede
E amar sem restrições
Certamente mergulhando fundo
E transbordando de amor

Mário Feijó

17.11.15
Postar um comentário