Google+ Badge

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

AMORES VÊM E VÃO

AMORES VÊM E VÃO

Quando o sentimento é puro
Nada nos separa
De um grande amor

E quando um destes amores vai embora
É como ave que emplumou
E ganhou os céus
Em busca de novos horizontes

Não há como voltar para o ninho
Só porque um dia foi feliz ali
A experiência não se repete
E o amor é cristal que ao ser quebrado
Não tem mais conserto

Uma águia quando se atira das rochas
Ganha um novo mundo
Ou renasce depois para uma nova vida

Dê adeus aos amores que partem
Eles cumpriram suas missões
Vida nova é o que merecem
Quando a chance aparece...

Mário Feijó

09.11.15
Postar um comentário