Google+ Badge

sábado, 7 de novembro de 2015

ALÉM DA RAZÃO

ALÉM DA RAZÃO

Não basta a união de corpos
Para gerar o amor
Geramos filhos desta forma
(na maioria das vezes)
E eles se esquecem
(na maioria das vezes)
Que por amor foram gerados

Depois de muito tempo
Gente descobre que foi usado
Feito uma marionete
Para colocar no mundo seres insensíveis
(na maioria das vezes)

Devíamos amar uns aos outros
No entanto por desencontros
Somos abortados da vida
De quem deveria nos amar
Sem questionamentos

Há energias que parecem
Manipular cada um de nós
Mas a razão e a inteligência
Deveriam prevalecer
O amor não deveria ter máculas...

Mário Feijó

07.11.15
Postar um comentário