Google+ Badge

domingo, 4 de dezembro de 2011

AMOR VOCÊ JÁ TEM BASTANTE





Dói no meu peito
Ver que amor
Você já tem bastante 

Dói bastante
O amor que me sobra
E não pode ser teu 

Eu não soube te amar
O tempo (maldito tempo)
Levou você como se fora
A duna que o vento
Leva de um lado para o outro... 

Amor você já tem bastante
Meu corpo transborda
Minha alva seca
Escorrendo pelas mãos... 

Mário Feijó
04.12.11
Postar um comentário