Google+ Badge

sexta-feira, 28 de março de 2014

QUANDO O AMOR NÃO BASTA



QUANDO O AMOR NÃO BASTA


Eu lhe dei todo o meu amor
Presentes caros, até joias eu dei.
Dei carinho e a tratava como se
Fora a rainha da minha vida.

Tentava adivinhar seus pensamentos
Atendia a todos os seus desejos
Nada lhe faltava, parecia insatisfeita
Nem percebia a minha existência

Eu não sabia mais o que poderia fazer
Para que ela me amasse
Com a mesma devoção
Que eu lhe dedicava...

Chegou um determinado dia em que
Eu percebi que eu não me amava o suficiente
Não me respeitava naquela relação
Faltava o meu amor próprio por mim... aí basta!

Mário Feijó
28.03.14
Postar um comentário