Google+ Badge

segunda-feira, 24 de março de 2014

OLHOS QUE NADA VEEM



OLHOS QUE NADA VEEM

Por que será
Que teus olhares já não são pra mim
Será que teus olhos
Já não mais me enxergam?

E teu amor
Que parecia tão meu
Agora já nem tocas a minha pele
Nem sacias os meus beijos

O que é que eu faço
Com este meu desejo
Que corrói a minh’alma
E meu corpo atormenta...

Fico com a impressão
De ser nada pra você, de ser invisível,
Aos teus olhares
Porque nem a luz do sol me esquenta mais...

Mário Feijó
24.03.14
Postar um comentário