Google+ Badge

sábado, 10 de outubro de 2009

AMOR BANDIDO

Ela diz que me ama
Mas ela é cara-de-pau
Tem até um perfil
Que se pode dizer marginal

Eu não sei o que seria
De você se eu não estivesse por perto
Teu instinto selvagem parece emboscada
De algum animal lá no meio do deserto

E por mais que te dobres
Estás sempre pronta
Para dar o bote
E isso eu não posso
Nem vou permitir...

Me parece difícil
Lidar com toda esta situação
Deve ser tantos traumas
Causados pela rejeição...

Estou tentando te vergar
Entregando meu amor
Mas não sei se é verdade
Que sofres por esta dor...

Mário Feijó
10.10.09

Postar um comentário