Google+ Badge

segunda-feira, 1 de junho de 2015

ENLOUQUEÇO SEM AMOR

ENLOUQUEÇO SEM AMOR

Algumas vezes
Quase enlouqueço
Quando não estas comigo
É um delírio por desamor

Sofro de abstinência
Enquanto fico
Sem o toque das tuas mãos
Enquanto fico
Sem os teus beijos

Penso que fazes parte de mim
Esvazio toda vez que te afastas
Quero-te próximo a mim
Quero-te em minha pele

E quando distante ficas
Jurando que me amas
O efeito não é o mesmo
O meu corpo sofre de solidão...

Mário Feijó

01.06.15
Postar um comentário