Google+ Badge

segunda-feira, 15 de junho de 2015

DOIS PRA LÁ, DOIS PRA CÁ

DOIS PRA LÁ, DOIS PRA CÁ

A minh’alma vazia
Queria contigo dançar
Ouvi no som da vitrola
São dois pra lá, dois pra cá...

Contigo então viajando
Meus pensamentos fluíam
Era meu corpo sonhando
Bebendo um guaraná

Sentia como se bebesse
Whisky e a música a tocar
Eu viajava num tempo
Que te tirei pra dançar

Um frio tão traiçoeiro
Fazia o meu sangue pulsar
Muito mais forte que o bumbo
Era efeito do whisky agora com guaraná

E quando a música parou
Voltei à minha realidade
Estávamos os dois muito longe
Você pra lá, eu pra cá...

Mário Feijó

15.06.15
Postar um comentário