Google+ Badge

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

DORES DENSAS


DORES DENSAS 

Tão dolorida
Quanto a dor
De ter pedras nos rins 

Tão cruel
Quanto sofrer
Por uma doença terminal 

Tão triste
Quanto o alcoolismo
O envolvimento com drogas 

Tão horrível
Quanto sofrer um acidente
E perder alguém amado 

Tão triste
Quanto o desprezo
E o desamor de “amigos” 

É amar sem ser amado
Esperar alguém que não vem
E ficar na vida abandonado... 

Mário Feijó
08.10.12
Postar um comentário