Google+ Badge

quarta-feira, 30 de junho de 2010

MINHA SAUDADE


Minha saudade volátil
Espraiou-se ao vento
Fui teu corpo tocar...

Veio o sol invejoso
Roubou tua alma
E com ela se abastou...

Corpo dourado foste embora!

E a saudade pra mim voltou...

Mário Feijó
30.06.10
Postar um comentário