Google+ Badge

segunda-feira, 14 de junho de 2010

AMOR NÃO TEM PREÇO



Tanto amor eu dei
E você não percebeu
Banalizou nossa estória
Não deu valor ao meu amor...

Pensou que amor
Mede-se com cifrõe$
Mas amor não se compra
Amor não tem preço não...

Eu abri meus braços
Esperava que você se aninhasse neles
Mas você me fez chantagem
E tentou estabelecer condições...

Amor não se vende
Nem tampouco se compra
Quem não se entrega a um carinho
Um dia se perde em seu próprio destino...

Mário Feijó
14.06.10
Postar um comentário