Google+ Badge

sexta-feira, 30 de junho de 2017

ABENÇOADO EU



ABENÇOADO EU

Eu me abençoo
Desde que perdi vovó
Pois era ela quem me abençoava
Todos os dias que eu vivi
E todos os dias que ainda viverei

Eu nem sabia
O que era isto
Quando ainda era um anjo
Abençoado pelos céus

Vivia na terra
A voar de flor em flor
Sou apenas uma criança
Que perde o juízo ao envelhecer

E para não descompensar
Eu vou me abençoando
Para que deixe aos filhos e netos
Todas as minhas bênçãos que sobraram

Mário Feijó

30.06.17
Postar um comentário