Google+ Badge

quarta-feira, 28 de junho de 2017

ESCREVENDO HISTÓRIAS



ESCREVENDO HISTÓRIAS

Meus olhos viram
Flechas lançadas
De uma fortaleza de pedra
Agora em ruínas

Partes danificadas
Mil anos pareciam ter passado
Não sucumbiram ao tempo

O futuro ali congelara
Todas as lágrimas derramadas
Escritas naquelas paredes

Tudo parecia perdido
O tempo refizera outra história
Escrita naquelas paredes

Parecia que a vida que ali havia
Fora desfeita enquanto o mar
Continuava a acenar
Escrevendo novas histórias


Neuza Silva
Mario Feijó
26.06.17
Postar um comentário