Google+ Badge

terça-feira, 16 de julho de 2013

FELICIDADE PERMITIDA



FELICIDADE PERMITIDA

Ontem, entre os lençóis,
Eu quase me perdi
Quando me encontrei em ti

E entre um gozo e outro
Havia uma lágrima de felicidade
Que dizia: permita-se, você merece

A tristeza escondida no peito

Deixei escorrer sobre a face

Mário Feijó
16.07.13
Postar um comentário