Google+ Badge

quarta-feira, 31 de julho de 2013

CORAÇÃO PARTIDO



CORAÇÃO PARTIDO

O sorriso havia ficado
Trancado no lar
Onde um dia morou

Agora havia somente um caminho
Era (v)ida em frente
Não havia tempo para chorar

Nas costas o menino levava
A saudade da família
O calor guardado em uma trouxa

O único amigo que lhe restara
Era um velho urso de pelúcia
Que ainda guardava o cheiro do seu cão

Todos se foram na tragédia
Feito o seu coração
Que partido estava...

Mário Feijó
31.07.13
Postar um comentário