Google+ Badge

quarta-feira, 5 de maio de 2010

QUERO O TEU AMOR


Alguns de nós
Desde o momento em que nascem
Recebem somente restos de amor
Sobras de carinho

O tipo de amor
Que se dá a um animal qualquer
E que quando não se precisa
Chuta-se para o lado, pra longe...

Eu penso que somos
Seres humanos e como tal
Devemos amar e ser amados

Não me basta
Um afago na cabeça
E um pontapé quando não interessar...

Mário Feijó
05.05.10
Postar um comentário