Google+ Badge

quinta-feira, 20 de maio de 2010

MINHA CURA É VOCÊ



Por que eu tenho
Que ficar sem ti?
É ilógico – abstinência(!)

Dói min’alma
Não tocar teu corpo
E sem ti eu sofro
Quase grito

Penso que...
- é minha crise de abstinência
E sem o teu amor
Dói meu ser
A minh’alma some...

Estou viciado em tua presença
E quando não estás comigo
Tenho crises, choro
- é de novo a abstinência...

Minha cura é você
Minha vida é você
Eu não queria depender de ti
Mas não sei mais o que fazer
- com esta abstinência...

Mário Feijó
20.05.10
Postar um comentário