Google+ Badge

quarta-feira, 26 de maio de 2010

CAMINHOS INCERTOS




Por caminhos incertos
Sigo o meu caminho
Como se seguisse alguém
Mas eu não sigo nada...

Tenho consciência do que eu quero
Mas o destino muito sábio
Só me dá o que eu mereço
E nem sempre o que mereço é o que quero...

Há muita solidão no viver
Mesmo rodeado por pessoas
Que eu amo e sei que também me amam...

Mas há o vazio das incertezas
E o que enche este vazio
São as tuas lembranças
E o amor que há em meu peito...

Mário Feijó
24.05.10
Postar um comentário