Google+ Badge

terça-feira, 8 de outubro de 2013

VOCAÇÃO PARA ANJO





VOCAÇÃO PARA ANJO

Ela conversava e conversava, mas ao seu lado só havia sacolas. Nas mãos tentava equilibrar uma xícara de chá quente, que volta e meia entornava sobre as coxas. Quando sentia o calor do líquido derramado voltava a atenção para a xícara e bebia um gole.
Louca por louca, ela e Marta, estavam pau a pau, visto que ambas flertavam nitidamente com a fantasia.
É imprescindível sempre sonhar, como é importante ter alguém com quem contar, mesmo que este alguém seja um ser imaginário.
Quando perdemos a referência, ou não confiamos em alguém, a nossa confiança em nós fica abalada e acabamos por nos perder pelo caminho.
Somos quem acreditamos ser e temos que confiar em nós visto que os outros serão sempre egoístas. É da natureza humana não ter vocação para anjo.
Algumas vezes eu me pergunto, como pode o ser humano ter evoluído tanto cientificamente, mas não ter evoluído no aprimoramento dos sentimentos, sem grandes evoluções morais. A maioria pensa em acumular riquezas enquanto a vida é tão curta e transitória.
Somos realmente seres sem vocação para anjo e eu sinto uma dor enorme ao constatar isto porque acredito que seria fácil sê-los. Bastaria que nos déssemos mais, que falássemos mais a verdade sem hipocrisia, sem a mentira social, sem o preconceito.
Muitas vezes nos falta o bom senso, a ponderação e nos deixamos levar por impressões erradas, ou pelo que os “outros dizem”.
Será que restará, para uns poucos, somente o caminho da alienação? Será que teremos que conversar com amigos invisíveis para termos a certeza de que estaremos sendo ouvidos? Será que ainda haverá salvação para o ser humano?
Eu não sei responder, eu não tenho as respostas, também sou um destes que conversa com quem ninguém vê, eu converso com quem me lê e nem sempre sei quem é você.

Mário Feijó
08.10.13
Postar um comentário