Google+ Badge

domingo, 7 de maio de 2017

RATOLÂNDIA BRASIL




RATOLÂNDIA BRASIL

Há muitos ratos
Ratinhos sem-vergonhas
Que passam por ratoeiras
Que não perdem seus rabos
Porém algumas vezes perdem
Somente os dedinhos

Há ratos com nome de gente:
Luiz, Dirceu, Antônio, Sérgio
Seria o ponto(pt) final deles?
Porém rato é rato, mesmo preso,
E se tiverem oportunidades irão roubar novamente

Mas o povo é o culpado quando faz escolhas
Há quem acredite que sejam “pais dos pobres”
Porem o que eles querem é enriquecer aos seus
E se manter no poder
Um poder que lhes dê poder de decisão
De administrar os recursos da nação
A seu bel prazer e interesse

E os ratos de estimação que aí estão
Sempre farão de tudo pelos seus, porque
Se classificam como seres honestos
Os mais honestos do mundo
Talvez por isto tenham perdido seus dedos
Colocando a mão em cumbuca errada

E depois de descobertos continuam roendo
Mais de 65 bilhões de dólares de uma empreiteira
Colocados à sua disposição.

Socorro! Socorro! Como tem gente cega
Como tem rato político rico
Gente até hoje nunca punida
Que se socorrem apelando ao santo protetor
(São Paulo Maluf)

E têm suas orações sempre atendidas, graças a Deus,
Seus catadores de bosta de elefante limpam tudo
Recolhendo tudo embaixo do tapete
Basta dizer “não sei de nada” e “não é meu”
Enquanto o país vai à bancarrota

Está na hora de construirmos mais cadeias
Em forma de ratoeira
Já que este é um país
Onde os ratos tanto prosperam...


Mário Feijó - 07.05.17
Postar um comentário