Google+ Badge

sábado, 31 de dezembro de 2016

PÁSSARO DISTANTE



PÁSSARO DISTANTE

Um dia eu encontrei
Um pequeno passarinho
Piava perdido com medo

Eu o peguei em meus braços
Dei-lhe comida no colo
E no meu ninho dei guarida

O pássaro cresceu
Bateu asas
Foi-se embora
Não voltou para ao meu ninho

Agora fico olhando pro céu
E vejo-o bem longe caçando
Tornou-se uma águia distante

Mário Feijó

31.12.16
Postar um comentário