Google+ Badge

domingo, 25 de dezembro de 2016

E QUANDO TU TE FORES?




E QUANDO TU TE FORES?

Eu me pergunto
Como serão os meus dias
Quando tu te fores

Será que ainda
Perceberei a luz do sol
Será que ainda verei
A profusão de cores?

Ou será que secarão todos os rios
Que agora habitam meus olhos?
E ainda haverá água bastante
Para regar as nossas flores?

Eu ainda busco no vento
Abrir os meus braços
Numa tentativa de te alcançar
Porém neles há um vazio de abraços

Mário Feijó

25.12.16
Postar um comentário