Google+ Badge

segunda-feira, 8 de junho de 2009

EU TENHO RAZÕES PARA TE AMAR




Não havia razão
Para que eu te amasse
Eu não sei se foi
O teu jeito de olhar...

Talvez até quem sabe
O teu modo de andar
Mexendo com todo o teu corpo
E também com o meu – eu não sei...

Eu simplesmente não sei
A razão que tive para te amar
Mas toda vez que te vejo
É como se eu fosse fumaça
Que sobe aos céus – eu dou graças...

Podia ser até pelo teu cheiro
Ou pelo sabor que tu tens
Eu não sei – pois eu nunca te toquei
Nem tão pouco senti o teu perfume...

Só que eu sinto que se precisasse
Explicar porque te amo conseguiria
Rapidamente formular uma tese
De que não existe uma razão para amar
A gente simplesmente ama...
Postar um comentário