Google+ Badge

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

CONSELHOS PARA ANA

CONSELHOS PARA ANA

Teça colos e trace sorrisos
Não se finja de forte
Porém não se deixe esmorecer
Somos todos finitos enquanto seres humanos
Saiba que a felicidade sempre é passageira
Então seja seu motorista e leve-a consigo
Para os momentos mais tristes e melancólicos
Temos as lembranças e a saudade
Procure não ser masoquista sofrendo
Não se culpe por nada nem se condene
Você não tem o dom de mudar destinos, relaxe
Sua presença nada mudaria!
Somos poeira do universo e tudo se transforma
Aprenda as lições e evolua com elas
Saiba que os gatos podem ter sete vidas
Mas os homens só têm uma
Com a vantagem de sermos eternos
Apenas mudamos de forma, de casa e de corpo
De tempos em tempos...

Trace sorrisos nos dias, trame abraços nas tardes
E não estará nunca só nas suas noites...
Chore, ria, cante, aprenda, não se condene
Ame-se! Não se castigue porque há espinhos
Até no mundo das flores (as rosas que os digam)
Então solte seu pólen ao vento
Sorria para o sol mesmo que pareça uma careta
Chore com a chuva (ela é uma boa apagadora de lágrimas)
Sinta saudades com o luar, você sabe como fazê-lo,
Há em teu sorriso segredos e os sorrisos sempre são janelas abertas
Por onde o amor flui... 
e por último: perdoe-se!

Mário Feijó

05.08.15
Postar um comentário