Google+ Badge

terça-feira, 25 de junho de 2013

A ESTRADA DO AMOR



A ESTRADA DO AMOR

Imponha limites à paixão
Ela é um animal peçonhento
Que quando provocado
Dá alguns botes mortais...

Paixão demais às vezes
Ultrapassa os limites do amor
Pode passar pelas estradas do ódio
E até entrar nos campos da loucura!

Somos assim:
Sonho e fantasia
Paixão e loucura
Delírio e prazer...

Aonde estou?
Para onde vou?
Não sei!
Trilho a estrada do amor...

Mário Feijó
25.06.13
Postar um comentário