Google+ Badge

terça-feira, 29 de março de 2016

BURACO NEGRO

BURACO NEGRO

Há entre nós
Um espaço tão grande
Que é muito maior
Do que o sexo possa tapar...

Todas as interpretações
Aqui são válidas
Tanto para distâncias
Quanto para espaço e sexo

E buraco negro
É algo que existe
No espaço cósmico
Que engole qualquer matéria

O poeta apenas
Usou de metáforas
Para falar de distâncias
E de buracos de todas as cores

Mário Feijó

28.03.16 
Postar um comentário