Google+ Badge

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

BORBOLETAS E BEIJOS

BORBOLETAS E BEIJOS

Acabou-se a primavera
Morreram todas as flores
E com elas foram-se os sonhos
Como se fossem borboletas indo embora

Chega o calor do verão
Com ele chuva, suor e cerveja
Tudo é efêmero
Feito amores de carnaval

Em redenção eu te espero
Quando vier o outono
Para fazer nosso ninho
Antes que chegue o inverno

E assim passageiro
Feito brisa de verão
Foram tuas carícias e abraços
Beijos florais de uma primavera distante

Mário Feijó

07.01.16
Postar um comentário