Google+ Badge

segunda-feira, 10 de abril de 2017

PRESENTES DA VIDA





PRESENTES DA VIDA

Eu já fui um menino sonhador
Menino calado, quieto, medroso
O mundo algumas vezes
É bastante assustador para um menino

E por não me conhecer
Por me sujeitar à imposição dos outros
Algumas vezes pensei em suicídio
Tive coragem para viver, mas covardia para morrer

Era um menino pobre
De família pobre, sem muito amor
Que em muitos dias não teve o que comer

Agora já não sou menino
Já não posso fome
Ganhei uma nova chance no amor

Mário Feijó

11.04.17
Postar um comentário