Google+ Badge

quarta-feira, 11 de maio de 2016

PERDAS E GANHOS

PERDAS E GANHOS


Era muito forte a dor que eu sentia
doía o corpo pelas sequelas da vida
e a alma pelas perdas sofridas


Ninguém me ensinou a perder
e eu dei adeus à minha mãe
quando ainda era um menino


logo depois a vida roubou de mim
um bem muito precioso
(que pela ordem das coisas foi-se na hora errada)
foi-se embora atropelado um filho criança


e eu perdi amores que não devia
Felicidade devia ser eterna
Não apenas minha avó

e a vida continua me trapaceando
espero que não seja um blefe
minha hora de ganhar


Mário Feijó
11.05.15


Postar um comentário